Caponata de beringela

Se você gosta de beringela, esta receita é pra você! O antepasto perfeito! Acompanha uma variedade de pratos! Combina com praticamente tudo!

A beringela é o principal ingrediente desse antepasto conhecido no mundo todo. Foi pelos árabes que a beringela chegou à Sicília na Itália, e deu origem à diversos pratos deliciosos.

Há quem diga que a palavra caponata deriva de capouna, uma taberna onde os marinheiros se encontravam depois da pescaria, para beber e comer uma torrada coberta com um preparado de peixes e legumes.

Uma outra teoria mais antiga, sugere o modo de cortar os legumes: captos, que tem origem grega e significa corte.

Há ainda a lenda de que era o antepasto favorito dos capos, nome dado aos chefões da máfia, e estando na Sicília, a lenda se reforça mais ainda.

De toda forma, os italianos souberam fazer bom uso desse fruto super versátil. E a caponata arrebata corações no mundo todo!

A beringela é originária da Índia, mas se adapta bem ao cultivo em terras ensolaradas e climas tropicais. É rica em água e antioxidantes que atuam no organismo, prevenindo o envelhecimento precoce das células e doenças do coração, além de ajudarem no controle do colesterol. Apresenta vitaminas C, B1, B2 e B6 que favorecem o bom funcionamento do sistema imunológico, o equilíbrio hormonal e do fígado.

A berinjela também é fonte importante de minerais, como o cálcio, fósforo e ferro, que contribuem para a formação dos ossos e dentes, construção muscular e coagulação do sangue. Como o legume é rico em fibra alimentar, ele aumenta a sensação de saciedade e auxilia na melhoria do trânsito intestinal. Com baixo valor calórico, a berinjela é considerada uma boa aliada nas dietas.

A caponata de beringela é um acompanhamento perfeito para vários pratos, faz bonito como entrada numa refeição ou até para aquele dia da preguiça que você não sabe o que fazer para o jantar… Basta a caponata, uma salada, alguns queijos, um salame fatiado, um vinho e boa companhia!

Na minha versão não vai tomates e sim pimentões, que não soltam muito líquidos e não deixam a caponata aguada.

Vai ainda azeitonas pretas, nozes e passas. Aí você me pergunta se pode retirar as passas…Pode, a preparação é sua! Mas não fica tão gostosa. O mágico desse antepasto é a explosão de sabores e texturas na boca. Tem o picante da beringela, o salgado e ácido da azeitona, o crocante das nozes e o adocicado das passas. Tudo isso junto é que o faz tão bom!

Ah! Não economize no azeite! Além de deixar o antepasto mais gostoso, tem a função de conservar. Você pode deixar vários dias na geladeira, desde que num recipiente tampado.

Se você quiser abusar um pouquinho e servir com pão italiano, aqui no blog tem a receita: https://alergiazero.blog/2020/10/04/pao-italiano-sem-gluten/

Ingredientes:

  • 2 beringelas médias
  • 1 cebola média
  • 4 dentes de alho
  • 1/2 pimentão vermelho
  • 1/2 pimentão amarelo
  • 1/2 pimentão verde
  • 1/2 xícara de chá de azeitonas pretas
  • 1/2 xícara de chá de uva passa branca
  • 1/2 xícara de chá de nozes
  • 1/2 xícara de salsa picada
  • azeite o quanto baste, pelo menos 1/2 xícara de chá
  • sal a gosto

Modo de preparo:

  1. Descasque as beringelas. Corte-as ao meio no sentido do comprimento. Coloque a parte reta deitada na tábua e corte em fatias finas no sentido do comprimento. Depois corte em tirinhas no sentido da largura. Reserve. Compre beringela a mais, pois as vezes vem uma ou outra bichada.*
  2. Corte o alho em pedacinhos ou esmague. Reserve.
  3. Corte a cebola e os pimentões em pedacinhos. Reserve.
  4. Corte a azeitona em pedaços. Reserve.
  5. Esmague as nozes para quebrá-las em pedacinhos. Eu coloco num saco plástico e bato com o martelinho de carne. Reserve.
  6. Refogue o alho em 2 colheres de sopa de azeite.
  7. Adicione a cebola e refogue.
  8. Adicione os pimentões e refogue mais um pouco.
  9. Junte as tirinhas de beringela e mexa até murchar. Acrescente mais azeite.
  10. Desligue o fogo.
  11. Adicione as passas, as azeitonas, as nozes e a salsa.
  12. Salgue e experimente.
  13. Regue com mais azeite.
  14. Espere esfriar e guarde na geladeira.

*Como escolher beringela

Escolha as mais firmes, mas não duras. Beringela dura é beringela madura, com muita semente.

Devem ter cor levemente roxa. As escuras também já estão maduras.

Por fim, examine-as em busca de furinhos. Significa que estão bichadas.

Mas se por ventura, você for sorteado com beringela bichada, corte fora as partes ruins e seja feliz, pois os bichos nos mostram que não tem veneno ali.

Veja aqui mais informações sobre a história da caponata: http://www.pantuccirestaurante.com.br/caponata/#:~:text=Caponata%20%C3%A9%20um%20prato%20t%C3%ADpico,com%20alcaparras%2C%20vinagre%20

Veja aqui mais informações sobre os benefícios da beringela: https://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/4890-berinjela

Publicado por Noeli Santos

Olá! Sou apaixonada por cozinha e desenvolvo receitas testadas e aprovadas sem ovo, leite, glúten e soja!

2 comentários em “Caponata de beringela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: